O que são alimentos funcionais e porque são importantes

Já ouviu aquela máxima “você é o que você come?”. Os alimentos funcionais ajudam a manter a alimentação equilibrada e podem ajudar a evitar algumas doenças crônicas

A alimentação é parte importante na nossa vida e, além de dar a energia necessária para nos manter bem todos os dias, os alimentos nos ajudam a a evitar uma infinidade de doenças. Mas e sobre os alimentos funcionais, você já ouviu falar nos benefícios que eles podem trazer par a a sua vida?

Afinal, o que são alimentos funcionais?

Os alimentos funcionais são aqueles que possuem função importante para o funcionamento do organismo, além das funções nutricionais básicas. Mas o que isso quer dizer? Na verdade, os alimentos funcionais oferecem diversos benefícios para a saúde, podendo desempenhar um papel extremamente importante na prevenção de doenças crônicas como diabetes, câncer, entre outras.

Mas é preciso ter em mente que esses alimentos não substituem a medicação para aquelas pessoas que já possuem algumas dessas doenças. Para conseguir esses benefícios é preciso ter esses alimentos de forma regular na alimentação, principalmente as frutas e os vegetais.

Outra forma para de se beneficiar desses alimentos é evitar o consumo de industrializados, e quando consumi-los, procurar saber se eles tiveram a eficácia avaliada pelos órgãos responsáveis, como a ANVISA. Além disso, é importante seguir as orientações das embalagens da forma recomendada pelos fabricantes. Também é possível aumentar a ingestão de alimentos funcionais através da substituição de carne bovina por peixes (ricos em ômega 3) ou soja.

Alimentos funcionais para incluir na sua dieta

  • Soja e seus derivados

Reduzem os sintomas da menopausa e os níveis de colesterol do organismo. Também possui ação anti-câncer, anti-inflamatória e antioxidante.

  • Peixes (como salmão, sardinha e atum)

Ricos em ácidos graxos e ômega 3, os peixes possuem ação anti-inflamatória e são indispensáveis para o desenvolvimento do cérebro. Além disso, ajudam na redução e controle do colesterol.

  • Óleos (como os de linhaça, soja, nozes e de amêndoas)

Estimula o sistema imunológico, possui ação anti-inflamatória e auxiliam na prevenção de doenças cardíacas.

  • Azeite, azeitonas e alimentos oleaginosas

Possui ácido graxo monoinsaturado que previne a formação de placas de gorduras nos vasos sanguíneos, ação anti-cancerígena e reduz a pressão arterial.

  • Alho e cebola

Reduzem colesterol, a pressão sanguínea e restauram e sistema imunológico, além de reduzirem o rico de câncer gástrico.

  • Folhas verdes (como espinafre, couve e mostarda)

Possuem ação antioxidantes e protegem contra a degeneração muscular.

  • Tomares e seus derivados, alimentos vermelhos como goiaba, pimentão vermelho e melancia

Antioxidante, reduz níveis de colesterol e o risco de certos tipos de câncer, como de próstata.

  • Chá verde, cerejas, amoras, framboesas, mirtilo, uva roxa, vinho tinto

Reduzem a incidência de certos tipos de câncer, o colesterol e estimulam o sistema imunológico.

 

Fonte: Ministério da Saúde