Alimentação

Quatro alimentos que você não sabia que eram tão nocivos

Atualizado em 15 de maio de 2019
Quatro alimentos que você não sabia que eram tão nocivos

Alimentos naturais são realmente tão suscetíveis a campanhas publicitárias e de marketing como qualquer outra coisa, às vezes até mais.

A maioria dos alimentos nos dias de hoje custa muito e sua procedência pode ser duvidosa. Muitas vezes, só porque um médico famoso da TV ou celebridade disse que algo é saudável isso não significa que seja verdade, bem como alguns mitos alimentares.

Existem inúmeros alimentos que poderiam entrar nessa lista, mas citaremos apenas quatro – desta vez.

Pipoca de microondas

A menos que você procure por pipoca de microondas orgânica, todas as outras são geneticamente modificadas, com uma tonelada de produtos químicos desagradáveis no saco. Os sacos especiais feitos especificamente para o microondas são revestidos com uma mistura química, que contém ácido perfluorooctanóico, usado para fazer itens resistentes como panelas antiaderentes e caixas de pizza. Essa substância conhecidamente pode causar cânceres de pâncreas, testicular e de fígado em animais. Também está associado à infertilidade em mulheres e pode interferir com a eficácia de vacinas em crianças. Além disso, existem também os saborizantes artificiais, como o Diacetil, um produto químico no sabor de manteiga, relacionado a uma forma rara de doença pulmonar entre os operários e as pessoas que comem grandes quantidades dessa substância.

Soja

A soja é um daqueles alimentos que a maioria das pessoas parecem pensar que não só é seguro, mas recomendado. A verdade é que a soja não é um superalimento; na verdade, é o oposto. A primeira razão pela qual você deve evitar a soja é que ele é cheio de lectinas que interferem com a sua sensibilidade à leptina. É também muito rica em fitatos que são antinutrientes que se ligam ao magnésio, zinco, ferro e cálcio, impedindo sua ação, o que faz com que sejam excretados pelo corpo. Outras razões para evitar a soja é porque ela bloqueia certas enzimas que ajudam na digestão de proteínas e porque está cheios de estrógenos vegetais. Esta é provavelmente a maior preocupação, para homens, mulheres e crianças. Quando você come muita soja, você pode atrapalhar o nível do seu corpo de estrogênio. Isso pode levar a libido mais baixa, acúmulo de gordura, disfunção hormonal, maior risco de câncer de mama, entre outros. Se você precisa de mais uma razão, a soja é uma das culturas mais destrutivas para o meio ambiente.

Molhos para salada light

Quando você encontrar as palavras ‘livre de gordura’ ou ‘light’, tome cuidado. Molhos para salada prontos já são suficientemente nocivos, mas o molho de salada sem gordura é ainda pior, porque eles tiram a gordura, mas colocam outras substâncias igualmente ruins para tentar compensar o sabor. Se você tem pressão alta, deve ter um cuidado especial. Duas colheres de sopa podem ter até 500 mg de sódio. Também contém xarope de milho de alta frutose, nocivo para qualquer pessoa.

Vitaminas em tabletes ou mastigáveis

Comprimidos vitamínicos mastigáveis são piores do que parecem para os seus dentes. A vitamina C, ou ácido ascórbico, é, como todos os ácidos, corrosiva. Comprimidos de vitamina C não são os únicos que você deve evitar: multivitaminas mastigáveis também pode conter ácidos que podem corroer os dentes. Se você tem de mastigar suas vitaminas porque não consegue engolí-las sem vomitar, certifique-se de lavar a boca imediatamente com água e comer ou beber algo alcalino logo após.

Leia Também

11 coisas que parecem ruins para a dieta, mas não são

11 coisas que parecem ruins para a dieta, mas não são

5 alimentos que te impedem de perder peso ou manter a forma

5 alimentos que te impedem de perder peso ou manter a forma

8 alimentos que parecem vilões da dieta, mas não são

8 alimentos que parecem vilões da dieta, mas não são

5 alimentos “saudáveis” que acabam com a dieta

5 alimentos “saudáveis” que acabam com a dieta

6 superalimentos emagrecedores: mitos e verdades

6 superalimentos emagrecedores: mitos e verdades

Curta nossa página

Siga no Pinterest