Beleza

Dieta ayurvédica: saúde baseada no estado de espírito

Atualizado em 22 de julho de 2016
Dieta ayurvédica: saúde baseada no estado de espírito

Baseada na medicina indiana, dieta leva em conta sabor e estado de espírito de casa pessoa

 

Ayurveda, ciência ancestral de remédios e alimentos, com mais de 7 mil anos, é a base de grande parte da cozinha indiana. Embora não seja categorizada como ciência no mundo moderno, certamente é um sistema de “alternativa” de vida mais holístico do que praticamos.

Muitos dos princípios ayurvédicos de comer e cozinhar já estão bem entrincheirados nas cozinhas indianas. A maioria deles é prático e racional e vale a pena ser seguido.

Leia também: Os benefícios de 5 chás mais consumidos no Brasil 

O chef corporativo, do ITC Hotéis, Manjit Gill, tem sido seguido a cozinha ayurvédica em sua vida profissional e pessoal e é um dos porta-vozes do movimento. Gill explica alguns dos princípios que podemos incorporar facilmente em nossa própria abordagem aos alimentos.

Veja algumas explicações que desmitificam a dieta indiana Ayurveda:

Alguns princípios básicos

Comer alimentos preparados na hora, em uma quantidade equilibrada, e para atender a própria constituição e temperamento. Alimentos também precisam ser comidos conscientemente com a devida atenção ao seu sabor, algo mais importante até do que os princípios medicinais de cada alimento.

Leia também: Especiarias: boas para o paladar, melhores para a saúde 

Doshas e gunas

Segundo a Ayurveda, toda a matéria é composta de três doshas (humores) e tem três propriedades, ou gunas, específicos.

Os doshas, que são energias biológicas que percorrem corpo e mente, são chamados Vata (ar), Pitta (fogo) e Kapha (água/terra).

Os gunas são tendências que caracterizam um comportamento ou estado mental:Sattva (equilíbrio, ordem e pureza), Rajas (atividade) e Tamas (inércia, negatividade, letargia, entorpecimento ou lentidão). Os doshas e gunas precisam estar equilibrados para a saúde perfeita.

 

6 sabores – cada um pertencente a um guna

Alimentos com os três gunas, podem ser divididos de acordo com os seus sabores, como doce, salgado, azedo, picante, amargo, adstringente.

Nenhum alimento é bom ou ruim. Tudo precisa ser consumido com moderação e equilíbrio. O sabor dos alimentos é enfatizado na cozinha, não apenas suas propriedades medicinais.

 

Leia também: 5 temperos que são poderosos antioxidantes

Sazonalidade

Um dos maiores princípios de uma dieta ayurvédica é sua ênfase na sazonalidade. Os alimentos devem ser cozidos frescos e com ingredientes sazonais, porque estes são o que o corpo precisa em cada estação para combater a perturbação dos doshas e ajudar a digestão. Alimentos com uma natureza quente (picante e doce) devem, portanto, ser consumidos durante a estação fria para promover a digestão.

Aqueles que se consideram frescos são bons para os verões. Durante as chuvas, alimentos doces, azedos e salgados são os preferidos para auxiliar a digestão mais enfraquecida. Ghee, que é um alimento de aquecimento, também é recomendado porque este é quando o fogo digestivo enfraquece, segundo os ayurvedas.

Leia também: Os melhores e piores alimentos para os dias frios

 

Personalização

As dietas têm de ser personalizadas de acordo com os tipos de corpo individuais. Os três humores estão presentes em diferentes proporções em cada corpo.

E um exame físico e emocional pode determinar se o vatta, pitta ou kapha é maior.

Alimentos com propriedades opostas precisam ser consumidos para equilibrar esses doshas.

Assim, as pessoas com mais kapha, que são letárgicas e pesadas podem se beneficiar com alimentos mais picantes ou amargos, para aumentar o elemento fogo em seus corpos e combater a água.

 

* Com informações do Smart Cooky

Leia Também

Trate as estrias com alimentação adequada

Trate as estrias com alimentação adequada

Efeito sanfona nunca mais em 4 passos

Efeito sanfona nunca mais em 4 passos

Cuidado com os treinos intensos: aprenda a dosar

Cuidado com os treinos intensos: aprenda a dosar

6 mitos e verdades sobre os abdominais

6 mitos e verdades sobre os abdominais

Método Tabata: treinamento promete corpo dos sonhos em pouco tempo

Método Tabata: treinamento promete corpo dos sonhos em pouco tempo

Curta nossa página

Siga no Pinterest