Equilibrar home office e cuidado com os filhos é possível

Como medida de proteção, muitas pessoas passaram a trabalhar de casa. Para quem nunca trabalhou nessa modalidade, é mais difícil equilibrar as funções de casa e do trabalho. Por isso, separamos algumas dicas que podem ajudar no balanço entre o home office e os cuidados em casa, principalmente para quem tem filhos

O avanço do Coronavírus mudou a rotina de todos, principalmente com relação ao trabalho e à vida cotidiana. Quem tem filhos possui ainda mais desafios. Crianças demandam atenção o tempo todo. Trabalhar de home office, cuidar da casa, dos filhos e da saúde mental se torna muito mais trabalhoso nesse período.

O surgimento do Coronavírus torna a situação ainda mais difícil. A maioria das escolas e curso pararam de funcionar, e por causa do isolamento e das recomendações para sair de casa apenas em casos urgentes e necessários, sair com as crianças para um parque ou um passeio não é uma opção.

As empresas também precisaram se adequar e adotar o esquema de home office, e muitos pais agora precisam lidar com a complicada missão de cumprir prazos, fazer reuniões, mandar e-mails e cuidar em tempo integral das crianças. É assustador, mas algumas medidas podem ajudar a tornar essa nova programação diária mais tranquila.

Crie uma rotina

Comece seu dia do mesmo jeito e no mesmo horário que começaria em um dia normal de trabalho. Pense em quantas horas são necessárias para seu trabalho, qual momento do dia é melhor para receber e realizar ligações. Um dos benefícios de trabalhar de casa é a flexibilização, por isso, pense seus horários conforme a necessidade. Uma solução é passar tarefas e atividades para seus filhos fazerem durante esses horários.

Crie limites

Converse com seus filhos e explique a situação e o quão importante é que você dedique esse tempo para o seu trabalho. Coloque um aviso nas horas em que é preciso total atenção, como uma placa ou uma sinalização como “momento de trabalho, não atrapalhe!”. Deixe claro que se houver necessidade seu filho pode bater à porta, mas avise que nem sempre você estará cem por cento livre nesses horários.

Separe o trabalho das funções parentais

Separar seu papel no trabalho e seu papel como pai e educador é fundamental nesse momento. Assim, ficará mais fácil ter a sensação de dever cumprido entre os dois. Por isso é importante ter um lugar tranquilo, sossegado e separado do resto da casa para trabalhar. Se tiver uma porta, melhor ainda. Ela te ajudará a bloquear sons que possam te distrair e a dar uma noção de começo e fim de uma atividade.

Esteja preparado para possíveis mudanças

Pode ser que aconteça um imprevisto, o que algum de seus filhos precise falar com você no meio de uma ligação. Quando isso acontecer, tente colocar o telefone no mudo, para que a pessoa do outro lado não escute o barulho externo. Se isso não for possível, tente dar um sinal não verbal para seu filho de que você não pode falar naquele momento. Caso seu filho seja um bebê ou uma criança mais nova, termine a ligação o mais rápido que puder, e tente remarcar para o mais próximo possível.

Mantenha as crianças ocupadas

Separe brinquedos, jogos, sessões especiais de filme ou atividades que possam deixar as crianças engajadas e ocupadas nas suas horas de trabalho. Ao fazer isso, seus filhos não ficarão entediados e não precisarão tanto da sua atenção total. Portanto, será mais fácil se focar em seus atividades do trabalho de forma mais tranquila.