Apps podem auxiliar na primeira triagem do coronavírus

A preocupação com a superlotação de pronto-socorros e com a transmissão do vírus é grande. Pensando nisso, para evitar que pessoas acabem se expondo sem necessidade, alguns apps foram criados para fazer uma primeira triagem

A preocupação mundial com a transmissão do COVID-19 é grande. Por ser um vírus de alta contaminação, o recomendado pela OMS e pelo Ministério da Saúde é que as pessoas evitem aglomerações e fiquem em casa o quanto for possível. Porém, para aqueles que apresentam algum sintoma comum entre a gripe e o novo coronavírus, saber quando ou não procurar um atendimento médico ainda é uma dúvida.

Foi pensando nisso, que alguns apps foram criados para auxiliar nessa primeira triagem. Seja por meio de um enfermeiro virtual, ou por um questionário fixo, eles são aliados para evitar a superlotação dos pronto-socorros.

Já existem alguns aplicativos disponíveis, pensados exatamente para isso, como o Coronavírus-SUS. Disponibilizado pelo Ministério da Saúde, é possível encontrar informações e dicas. Além disso, nele é possível encontrar um mapa com os postos de atendimento mais próximos da sua residência. O aplicativo pode ser baixado tanto para android, quanto para IOS.

Outros, como o CoronaBR tem disponível ou enfermeiro virtual que, por meio de perguntas simples, ajudará a entender se os sintomas são de uma infecção leve ou correspondentes ao novo coronavírus. Ao final dos questionamentos, que são feitos bem rápidos, ele dará algumas orientações e dicas que podem ajudar. Além disso, os postos de saúde mais perto também estão disponíveis para consulta.

Outros sites que podem ajudar

Além dos aplicativos, também estão disponíveis sites com a mesma finalidade. O Caren.app faz uma autoavaliação baseada no Boletim Epstemológico 5, e faz atualizações frequentes nas suas perguntas, ou seja, o sistema fica muito mais atualizado com os últimos dados. Além disso, ao final do questionário ele dá dicas de como manter a higiene correta e cuidados para evitar a contaminação.

Já no site do plano de saúde Samel, você pode tirar suas dúvidas e fazer uma primeira triagem para ajudar a verificar se alguns dos sintomas são compatíveis com o novo COVID-19. Ao final das perguntas, ele dará dicas de Etiquetas Respiratórias, ou dicas de como evitar o contágio.