Equilíbrio

Não consegue meditar? A gente te ajuda

Atualizado em 6 de julho de 2019
Não consegue meditar? A gente te ajuda

A meditação é uma técnica de treinamento da mente. Mas existem muitas técnicas de meditação – então, como você aprende a meditar?

“Na tradição budista, a palavra” meditação “é equivalente a uma palavra como” esportes “nos EUA. É uma família de atividades, não uma única coisa”, diz o diretor do laboratório de neurociências da Universidade de Wisconsin, Richard J. Davidson, ao New York Times. E diferentes práticas de meditação requerem diferentes habilidades mentais.

É extremamente difícil para um iniciante sentar-se por horas e não pensar em nada ou ter uma “mente vazia”. Existem algumas ferramentas, como vídeos de mediação iniciante. Em geral, a maneira mais fácil de começar a meditar é concentrando-se na respiração – um exemplo de uma das abordagens mais comuns para a meditação: concentração.

Meditação de concentração

A meditação de concentração envolve focar em um único ponto. Isso poderia implicar em seguir a respiração, repetir uma única palavra ou mantra, olhar uma chama de vela, ouvir um gongo repetitivo ou contar contas em uma mala (terço budista). Uma vez que o foco da mente é desafiador, um iniciante pode meditar por apenas alguns minutos e depois trabalhar com durações mais longas.

Nesta forma de meditação, você simplesmente reorienta sua consciência sobre o objeto escolhido de atenção cada vez que você percebe sua mente vagando. Em vez de perseguir pensamentos aleatórios, você simplesmente deixa-os ir. Através deste processo, sua capacidade de concentração melhora.

Meditação de mindfulness

A meditação consciente estimula o praticante a observar pensamentos errantes à medida que atravessam a mente. A intenção é não se envolver com os pensamentos ou julgá-los, mas simplesmente estar atento a cada nota mental, tal como surgiu.

Por meio da meditação consciente, você pode ver como seus pensamentos e sentimentos tendem a se mover em padrões particulares. Ao longo do tempo, você pode se tornar mais consciente da tendência humana de julgar rapidamente uma experiência como boa ou ruim, agradável ou desagradável. Com a prática, desenvolve-se um equilíbrio interno.

Em algumas escolas de meditação, os alunos praticam uma combinação de concentração e mindfullness. Muitas disciplinas exigem silêncio – em maior ou menor grau, dependendo da professora.

Outras técnicas de meditação

Existem várias outras técnicas de meditação. Por exemplo, uma prática diária de meditação entre monges budistas se concentra diretamente no cultivo da compaixão. Isso envolve imaginar eventos negativos e reformulá-los em uma luz positiva transformando-os através da compaixão. Há também técnicas de meditação em movimento, como tai chi e qigong.

Benefícios da meditação

Se o relaxamento não é o objetivo da meditação, muitas vezes é um resultado. Na década de 1970, Herbert Benson, pesquisador da Faculdade de Medicina da Universidade de Harvard, cunhou o termo “resposta de relaxamento” depois de realizar pesquisas sobre pessoas que praticavam meditação transcendental. A resposta de relaxamento, nas palavras de Benson, é “uma resposta inversa e involuntária que causa uma redução na atividade do sistema nervoso”.

Desde então, os estudos sobre a resposta ao relaxamento documentaram os seguintes benefícios a curto prazo para o sistema nervoso:

  • reduz pressão arterial e ritmo cardiorrespiratório
  • melhora a circulação sanguínea
  • diminui a ansiedade e o estresse
  • menos sudorese
  • níveis mais baixos de cortisol no sangue
  • aumenta a sensação de bem-estar
  • ajuda a relaxar mais profundamente

Como meditar?

Este exercício de meditação é uma excelente introdução às técnicas de meditação.

    1. Sente-se ou deite-se confortavelmente. Você pode até querer investir em uma cadeira ou almofada de meditação.
    2. Feche seus olhos.
    3. Não faça nenhum esforço para controlar a respiração; simplesmente respire naturalmente.
    4. Concentre sua atenção na respiração e em como o corpo se move com cada inalação e expiração. Observe o movimento de seu corpo enquanto respira. Observe seu peito, ombros, caixa torácica e barriga. Basta concentrar sua atenção em sua respiração sem controlar seu ritmo ou intensidade. Se a sua mente vagueia, retorne seu foco de volta à sua respiração.

Leia Também

Meditação é poderosa aliada contra a depressão

Meditação é poderosa aliada contra a depressão

Os benefícios da meditação para crianças

Os benefícios da meditação para crianças

5 dicas práticas para acabar com o estresse

5 dicas práticas para acabar com o estresse

Meditação é uma aliada da boa saúde

Meditação é uma aliada da boa saúde

Como mudar o mundo e a si com a meditação

Como mudar o mundo e a si com a meditação

Curta nossa página

Siga no Pinterest