Yoga é uma grande aliada na saúde da mente e do corpo

Os movimentos da Yoga datam desde o século I (D.C.) na Índia. Apesar disso, no Oriente seus benefícios passaram a ser mais conhecidos no último século e se tornaram um fenômeno

Prática ancestral indiana, o Yoga tem seus primeiros relatos feitos pelo sábio hindu Patanjali entre os séculos I e V (D.C.), o primeiro a decodificar as técnicas de meditação feitas na Índia. A partir deste momento, a Yoga passou a ser vista como uma técnica de meditação que ajuda a restringir a mente para não focar em objetos externos. E, assim como a sua parceira, meditação, seu objetivo é entrar em um profundo estado de pura consciência.

Apesar de ser conhecida há muitos e muitos anos, apenas em 1893 a Yoga foi trazida para o Oriente na Conferência Internacional das Religiões em Chicago por Swami Vivekananda. Mas apenas nos anos 1950 é que começou a ser de fato praticada por diversas pessoas nessa parte do mundo. E desde então a adesão à prática só aumenta! Hoje em dia é fácil encontrar não apenas academias que ensinam os “asanas”, como também aplicativos que incentivam a yoga para quem não pode sair de casa.

Benefícios para a mente e para o corpo

Por ser uma atividade física que envolve diferentes partes do corpo e por haver poucos estudos, a ciência ainda não foi capaz de confirmar 100% dos benefícios da prática. Porém, é notável uma melhora em quadros não apenas de depressão e ansiedade, mas também de osteoropose e melhora muscular em pessoas que fazem yoga com frequência.

Para a mente, o maior benefício é sobre as emoções. Um estudo publicado no Journal of International Society & Community Dentristy indicou que os níveis de cortisol (hormônio ligado ao estresse) diminui com a yoga. Além disso, outro estudo realizado com 24 mulheres que relataram estar emocionalmente esgotadas comprovou que após 3 meses da prática seus níveis de cortisol diminuiram significativamente. E não só! Os níveis de ansiedade, fadiga e depressão também diminuiram.

Já no corpo, a Yoga ajuda a melhorar a flexibilidade nos músculos, tendões e ligamentos. Também melhora a circulação sanguínea e ajuda a fortalecer o coração, o que, a longo prazo, ajuda a melhorar a pressão arterial. Segundo um estudo realizado com participantes de 40 anos que praticaram Yoga por pelo menos 5 anos, a pressão sanguínea nestes indivíduos era menor do que naqueles que não incluiam essa prática na sua rotina de exercício.

Para conhecer mais sobre a Yoga, sua história e o que pode fazer pela sua saúde, assista ao vídeo do TED Talks: