5 recados dos seus joelhos para você

“Se meus joelhos não doessem mais”, já dizia a banda O Rappa. As articulações dos joelhos são partes do corpo que podem ser muitas vezes deixadas de lado, mas elas são importantes e, quando não cuidadas, podem se tornar problemáticas

Dores nos joelhos são algumas das reclamações mais comuns em consultórios ortopédicos. Não importa a idade, o joelho é parte importante do nosso corpo e deve ser cuidado desde sempre como tal. Algumas causas podem ser naturais, como um desgaste pelo tempo nas cartilagens da região ou mesmo uma lesão que ocorreu por algum exercício físico. Seja como for, ao apresentar dor é importante procurar um médico para avaliar a situação.

São os joelhos os responsáveis pela flexão, extensão e rotação das pernas e, quando não cuidados de forma correta, podem causar problemas e lesões. Porém, antes de chegar ao ponto das doenças mais sérias e complicadas de serem tratadas, o joelho pode indicar muito mais do que se imagina. Por isso, separamos algumas informações para você sobre as indicações que o seu joelho pode te dar de que você deve começar a prestar mais atenção à sua saúde. Não acredita? Veja a lista:

Segredos que seu joelho quer te contar

Você está acima do peso

Seus joelhos sentem cinco vezes mais o seu peso corporal, por isso a obesidade lhes é tão prejudicial. Para se ter uma ideia, um estudo divulgado pela Canadian Association of Radiologists estabelece uma relação entre a gordura subcutânea no joelho à presença de condromalácia patelar, doença que acomete, por exemplo, a cartilagem dos joelhos quando usados em excesso. Por isso, se seus joelhos começarem a doer sem motivos, suba na balança e verifique seu peso.

Você pode estar forçando demais na hora do exercício

Praticar atividade física é bom para a saúde, mas fazê-la por muito tempo ou forçar demais pode ser prejudicial para a saúde dos seus joelhos. Ao fazer mais atividades físicas do que o recomendado ou colocar mais peso do que o necessário, pode causar uma sobrecarga no membro. Do mesmo modo, ao invés de ajudar, colocar mais peso ou impacto do que o seu joelho aguenta, pode causar desgaste da cartilagem, meniscos e até mesmo lesões nos tendões e ligamentos. Portanto, cuidado ao se exercitar! E não esqueça de se alongar antes de fazer uma atividade física, hein?

Você pode ter gota

Também conhecida como a “Doença dos Reis”, a gota é uma forma de artrite que ocorre em pessoas que produzem mais ácido úrico do que o corpo consegue eliminar. Apesar de ter várias causas, estudos relacionam a gota, principalmente, à alimentação rica em carnes vermelhas e alimentos ricos em purina, como pão doce, anchova e sardinhas. Seus sintomas incluem dores nas articulações, articulações com um tom mais roxo e inchadas, além de muita rigidez e desconforto. Portanto, se você anda sentindo dores constantes no joelho e apresenta um ou mais desses sintomas, procure um médico.

Você pode ter problemas no trato digestivo

Patologias como a doença de Crohn e a Colite Ulcerativa, apesar de serem do trato digestivo, também podem causar dores nos joelhos. Este é o mais comum dos sintomas fora do aparelho digestório, afinal, cerca de 30% das pessoas atingidas por estas doenças acabam desenvolvendo Artrite. Porém, segundo informações da Associação Brasileira de Colite Ulcerativa e doença de Crohn (ABCD), os efeitos da artrite podem ser tratados com acompanhamento médico e medicação.

Fique de olho nos seus sentimentos

Talvez seja uma via de mão dupla, mas alguns estudos realizados por pesquisadores americanos apontaram para sinais de que a artrite e a depressão podem ter uma ligação. Segundo eles, 18% da população americana atingida pela artrite também possui depressão. Enquanto estudiosos do Japão estabeleceram uma ligação da depressão ao aumento de dor causada pela artrite. Os cientistas ainda estão estudando a ligação de uma com a outra, mas há algumas pistas como: falta de energia para realizar atividades físicas, dores causadas pela própria depressão e até mesmo privação de sono.