Movimento

Benefícios do Tai Chi Chuan para iniciantes: mente sã e corpo são

Atualizado em 3 de abril de 2019
Benefícios do Tai Chi Chuan para iniciantes: mente sã e corpo são

Tai Chi Chuan pode ajudar a mente humana a funcionar melhor, além de ser excelente exercício para o corpo, entenda como

O que é o Tai Chi Chuan?

Você sabe o que é Tai Chi Chuan? O Tai Chi Chuan, popularmente conhecido apenas como Tai Chi, é uma arte marcial chinesa milenar baseada no baguá, uma espécie de mapa octogonal que representa todas as forças naturais que influenciam as nossas vidas: fogo, terra, madeira, metal e água.

Com as referências desses elementos e de yin e yang, o tai chi chuan segue algumas premissas básicas, como:

  • Vencer o movimento através da quietude
  • Vencer a dureza através da suavidade
  • Vencer o rápido através do lento

O tai chi chuan, como citado anteriormente, é completamente baseado na natureza e na interação entre o homem e os elementos naturais. Por isso, essa arte marcial é enxergada como uma fonte de energia interior.

Benefícios do Tai Chi Chuan para a saúde

A arte marcial chinesa é uma fonte de saúde e bem-estar para todas as idades e pode ser praticada por crianças, adultos e idosos. Conheça alguns outros benefícios do tai chi chuan para a saúde, quem sabe isso não funciona como estímulo para você começar a praticar essa atividade tão antiga quanto eficiente?

  • Melhor equilíbrio – De todos os grandes benefícios do tai-chi, a melhora do equilíbrio é o mais bem documentado na literatura médica. Estudos mostram que adultos mais velhos que fazem uma sessão de uma hora de tai chi de uma a três vezes por semana são 43% menos propensos a sofrer quedas e reduzem o risco de lesão pela metade.
  • Sem dor – Um número crescente de ensaios clínicos mostra que a prática de tai chi oferece alívio significativo de dores nas costas, pescoço, artrite e fibromialgia.
  • Uma mente ainda mais sã – Praticar o tai chi chuan pode ajudar a reduzir o declínio cognitivo relacionado com a idade … e até mesmo retardar a demência.

Pílula de bom humor – Em 82% dos estudos, a prática do tai chi melhorou muito o humor das pessoas e diminuiu a ansiedade. Além disso, mostrou-se um tratamento eficaz para a depressão. O estresse também foi sensivelmente diminuído entre os praticantes da arte marcial.

  • Mais controle – Praticantes de tai chi se sentem mais autoconfiantes enquanto ganham controle muscular e mental.
  • Um coração saudável – O tai chi pode oferecer vantagens sobre outros tipos de exercícios aeróbicos, especialmente para pessoas que são sedentárias ou muito fora de forma. E isso não é tudo. A prática regular também reduz a pressão arterial e o colesterol total, reduz a inflamação crônica e tonifica o sistema nervoso simpático.

Aulas de Tai Chi Chuan

Você já pensou em ter aulas de Tai Chi Chuan? Talvez devesse pensar nisso com mais carinho. A arte marcial, conhecida como meditação em movimento, é excelente para a saúde do corpo, mas também pode ser um instrumento excelente para melhorar o desempenho cognitivo do nosso cérebro, o que faz com que a memória, por exemplo, fique sensivelmente mais afiada.

Muito além das piadas sobre esquecer onde você colocou suas chaves ou procurar por óculos que estão no seu rosto, à medida que o corpo envelhece, mudanças em sua função mental não são motivo de riso. Pelo contrário, isso é algo que deve ser levado muito a sério.

Alterações fisiológicas no cérebro que começam por volta dos 50 anos podem realmente afetar sua memória, bem como outras funções cognitivas, como a capacidade de lidar com várias tarefas, processar informações rapidamente e se concentrar nos detalhes. Aos 70 anos, uma em cada seis pessoas tem comprometimento cognitivo leve (que pode progredir para a doença de Alzheimer).

Até cerca de duas décadas atrás, acreditava-se que seu cérebro só produzia novas células no início da vida. Mas hoje sabe-se que o cérebro tem a capacidade de mudar ao longo de toda a sua vida, crescendo novas células, fazendo novas conexões e até mesmo aumentando de tamanho. Essas mudanças podem melhorar a função cognitiva – e várias formas de exercício, incluindo o tai chi, podem ajudar.

Em uma meta-análise de 20 estudos sobre tai chi chuane cognição, o tai chi parece melhorar a função executiva – a capacidade de realizar multitarefas, gerenciar o tempo e tomar decisões – em pessoas sem qualquer declínio cognitivo. Naqueles com comprometimento cognitivo leve, o tai chi retardou a progressão para demência mais do que outros tipos de exercício e melhorou sua função cognitiva de forma comparável a outros tipos de exercício ou treinamento cognitivo.

Em um estudo, os pesquisadores tiveram cerca de 400 homens e mulheres chineses com algum déficit cognitivo realizando tai chi ou um programa de alongamento e tonificação três vezes por semana. Depois de um ano, o grupo do tai chi mostrou melhoras, e apenas 2% desse grupo evoluiu para demência, enquanto 11% do grupo de exercício tradicional.

Em outro estudo, a prática do tai chi chuansuperou os resultados daquela que parece ser unanimidade entre as melhores atividades físicas para a saúde, a caminhada. Após 40 semanas de tai chi, caminhada, interação social ou nenhuma intervenção, os pesquisadores compararam imagens de ressonância magnética e descobriram que o volume do cérebro aumentou mais entre os participantes do grupo de tai chi. Além disso, esse grupo também apresentou melhor desempenho em testes cognitivos.

Fonte: Harvard Health

Leia Também

Combinar exercícios fortalece os ossos

Combinar exercícios fortalece os ossos

Conhecimentos da Ayurveda ajudam a emagrecer?

Conhecimentos da Ayurveda ajudam a emagrecer?

Os melhores exercícios para quem tem problemas cardíacos

Os melhores exercícios para quem tem problemas cardíacos

Dieta ayurvédica: saúde baseada no estado de espírito

Dieta ayurvédica: saúde baseada no estado de espírito

Reciclagem emocional: viva melhor e mais feliz

Reciclagem emocional: viva melhor e mais feliz

Curta nossa página

Siga no Pinterest