Relacionamento

5 dicas para viajar com seu animal de estimação

Atualizado em 18 de junho de 2019
5 dicas para viajar com seu animal de estimação

Levar o seu amigo peludo na sua viagem de verão pode ser divertido para todos – contanto que você planeje antecipadamente

Nossos animais de estimação são parte da família. Eles passam os dias conosco, festas, aniversários e merecem estar em todas as fotos de família. Então, por que não nas viagens também? Para muitas pessoas, tirar férias sem seus pets não é uma possibilidade. Hotéis para animais de estimação e serviços de cuidados em domicílio são uma realidade, mas também o são pousadas e hotéis pet-friendly, ou seja, que aceitam a hospedagem com animais de estimação. Portanto, se você planeja passar suas férias ou o feriado com seu peludo longe de casa, aí vão algumas dicas preciosas para manter o bem-estar do seu bichinho e a sanidade da família.

Prepare seu animal de estimação

Visite o veterinário para ter certeza de que seu animal está em boas condições físicas para viajar, atualize as vacinas e obter um certificado de registros de saúde e vacinação, que será necessário para muitas companhias aéreas. Certifique-se de que seu animal de estimação também tenha um identificação adequada, use a plaquinha com nome e seu telefone para evitar problemas caso ele se perca. Usar um vermífugo antes também pode evitar problemas.

Para evitar náuseas e vômitos durante a viagem, evite alimentar o animal algumas horas antes de sair de casa. Você não precisa fazê-lo morrer de fome, no entanto, leve alguns petiscos leves para a hora da viagem, caso seja muito longa.

Faça as malas do seu pet

Você provavelmente precisará de uma caixa ou bolsa de transporte para levá-lo de uma maneira segura durante a viagem. Uma maneira de fazer com que o bichinho se acostume à bolsa ou caixa é deixá-la aberta em casa antes com brinquedos ou guloseimas.

E não se esqueça de fazer as malas para o seu pet: levar comida, medicamentos, presentes, coleiras, brinquedos e, idealmente, a cama dele.

Na estrada ou no ar

Se você estiver dirigindo e seu animal de estimação não estiver acostumado a viagens de carro, prepare-se fazendo pequenas viagens nas semanas que antecedem suas férias. Faça o seu melhor para planejar suas rotas para saber quando e onde você pode parar para fazer caminhadas e intervalos para “banheiro”.

Se a sua viagem for de avião, verifique com sua companhia aérea as regras. Muitos restringem os cães braquicefálicos (com nariz curto) na carga porque são mais suscetíveis a mudanças na umidade e temperatura. Animais de estimação que podem caber confortavelmente em uma transportadora sob o seu assento normalmente podem ir na cabine com você, mas os animais maiores provavelmente irão para o compartimento de carga. A viagem de carga pode ser muito estressante para os animais e tem seus próprios riscos; você terá que decidir se vale a pena levar seu animal de estimação junto.

Mantenha-os calmos

Seu animal de estimação é habitualmente nervoso? Converse com seu veterinário. Colares de feromônio, florais, precursores de serotonina ou uma gota de óleo essencial de lavanda esfregada em seu pêlo podem ajudar. Algo acolhedor e familiar, como um cobertor ou peça de roupa que tenha o seu cheiro também pode ser terapêutico e ajudar a acalmar seu bichinho enquanto estiver longe, mesmo que seja só no banco de trás do carro.

Depois de chegar ao seu destino, tente manter sua programação de caminhada e alimentação – uma sensação de normalidade fará com que os animais de estimação se sintam à vontade em sua casa longe de casa.

Mantenha seu pet seguro durante uma viagem de carro

Faça paradas frequentes (a cada 2-3 horas) para permitir que seu animal de estimação vá ao banheiro e faça algum exercício.

Prenda adequadamente seu animal de estimação no carro para evitar ferimentos em seus bichos, a você e outros passageiros.

Não se deve permitir que animais de estimação passeiem com a cabeça para fora da janela. Eles adoram e ficam super fofos com o vento batendo em seus focinhos, mas sujeira e outros detritos podem penetrar nos olhos, ouvidos e nariz e causar ferimentos ou infecções.

Os animais de estimação não devem poder andar no colo do motorista ou perto dos pés do motorista. Animais de pequeno porte devem ser confinados em caixotes ou em camas seguras para viagem, e animais de estimação maiores devem ser adequadamente contidos com cintos de segurança presos aos cintos de segurança do carro.

Os gatos devem ser transportados em caixas transportadoras.

Limite adequadamente seu animal de estimação ao viajar em carros ou outros veículos e nunca deixe seu animal de estimação em seu veículo sem você.

Fonte: Health Magazine e American Pet Association

Leia Também

7 motivos pelos quais gatos melhoram sua saúde

7 motivos pelos quais gatos melhoram sua saúde

Obesidade felina: aprenda a emagrecer o seu gato

Obesidade felina: aprenda a emagrecer o seu gato

7 dicas para viajar com seu animal de estimação

7 dicas para viajar com seu animal de estimação

Gateira ou cachorreira: o que isso diz sobre sua personalidade

Gateira ou cachorreira: o que isso diz sobre sua personalidade

Vegetais podem ser tóxicos para o seu animal: saiba quais

Vegetais podem ser tóxicos para o seu animal: saiba quais

Curta nossa página

Siga no Pinterest