Sal do Himalaia: benefícios e fatos sobre o tempero

Entenda os motivos que fazem do sal do Himalaia um superalimento

O sal do Himalaia passou a ser figurinha carimbada em lojas de produtos naturais. Isso certamente não acontece à toa. Esse sal rosado é muito superior ao sal iodado tradicional. Isso porque é realmente um produto milenar e puro, intocado por muitas das toxinas e poluentes que permeiam outras formas de sal do oceano.

Cerca de 200 milhões de anos atrás, camadas cristalizadas de sal foram cobertas com lava, que preservou a pureza da substância. Conhecido no Himalaia como “ouro branco”, o Sal de Cristal do Himalaia contém os mesmos 84 minerais naturais e elementos encontrados no corpo humano. Esta forma de sal também vem amadurecendo nos últimos 250 milhões de anos sob intensa pressão tectônica, criando um ambiente de exposição zero a toxinas e impurezas.

Esses minerais existem em uma forma coloidal, o que significa que eles são minúsculos o suficiente para que nossas células possam absorvê-lo facilmente.

Os benefícios oferecidos por esse mineral para a saúde podem incluir:

 

  • • Controla os níveis de água dentro do corpo, regulando-os para o funcionamento apropriado;
  • • Promove o equilíbrio de pH estável nas células, incluindo o cérebro.
  • • Regula os níveis de açúcar no sangue
  • • Ajuda na redução dos sinais comuns de envelhecimento
  • • Promove a criação de energia hidroeléctrica celular
  • • Aumenta a capacidade de absorção de elementos alimentares dentro do trato intestinal
  • • Ajudar a saúde vascular
  • • Apoia a função respiratória saudável
  • • Reduz a incidência de problemas sinusais, como sinusite
  • • Diminui as cólicas
  • • Aumenta a resistência óssea
  • • Naturalmente promove padrões saudáveis de sono
  • • Cria uma libido saudável
  • • Auxilia a circulação do sangue
  • • Promove a saúde dos rins e da vesícula biliar quando comparado ao sal comum tratado quimicamente