Saúde

5 coisas que acontecem com a vagina após o parto

Atualizado em 3 de abril de 2019
5 coisas que acontecem com a vagina após o parto

Após nove meses de mudança corporal extrema com a gravidez, ainda há mais surpresas

A vida muda depois de ter um bebê. Mas enquanto todos alertam sobre as alterações no sono e mais estresse, ninguém menciona outra mudança: o que acontece com os pedaços de sua senhora.

Toda mulher sofrerá algumas mudanças vaginais após o parto e nada será exatamente igual que antes de engravidar.

Mas aqui está a vantagem. Embora seja totalmente normal que as coisas pareçam e sintam diferentes ali embaixo, a maioria dessas mudanças desaparece à medida que sua produção de hormônio e outras funções do corpo retornam aos níveis regulares de pré-gravidez. Além disso, há algumas coisas que você pode fazer para tornar a transformação mais curta e menos intensa. Aqui está o que esperar quando você não está mais esperando.

1 – Sua vagina pode parecer mais frouxa

Depois de um parto normal é natural que os músculos do assoalho pélvico de uma mulher relaxem e percam um pouco de tônus. Isso pode tornar a vagina mais fraca, especialmente no primeiro ano após o parto. Também pode parecer que está mais arejado lá em baixo. Quão maior sua vagina ficará depende de muitos fatores, incluindo quanto tempo você esteve no trabalho de parto e quão grande era seu recém-nascido.

Se a folga incomodar você, você pode tomar medidas para apertar as coisas. Fazer exercícios de pompoarismo regularmente pode ajudá-la a voltar a ficar normal ao longo do tempo. Manter um peso saudável e cuidar da sua saúde em geral também ajudará a sua vagina a retornar ao seu tamanho e sensação usuais.

2 – Ela pode ficar mais seca

A secura vaginal é uma das queixas mais comuns de novas mães que estão amamentando. A amamentação faz com que os níveis de estrogênio caiam e a falta de estrogênio pode deixar algumas mulheres se sentindo mais secas. Uma vez que está ligada à amamentação, a secura vaginal é geralmente uma coisa temporária. Então, se você está pronta para continuar a fazer sexo novamente, mas a secura está dificultando as coisas, aposte em um lubrificante vaginal.

3 – Talvez fique dolorida

Parir um bebê pode ser áspero para a vagina, o tecido circundante pode rasgar. Apesar da costura imediata, recuperar a dor e o trauma pode levar algum tempo, especialmente se o ferimento envolver não apenas a pele, mas também o músculo. Para aliviar, faça banhos de assento com água morna para aliviar o inchaço e a dor.

4 – A cor pode mudar

Não se assuste se a sua vulva – a área apenas fora do canal vaginal que inclui os lábios, o clitóris e o períneo mudam de cor após o parto. Essas áreas estão sujeitas a mudanças de pigmento não só devido a alterações hormonais durante a gravidez, mas também por cicatrização ou reparos cirúrgicos após o parto.

5 – Você terá sangramentos

Não há motivos para se alarmar com os sangramentos, a menos que sejam acompanhados por um mau cheiro, dor ou prurido.

Leia Também

Mitos e verdades sobre sexo na gravidez, Parte 1

Mitos e verdades sobre sexo na gravidez, Parte 1

Mitos e verdades sobre sexo na gravidez, Parte 2

Mitos e verdades sobre sexo na gravidez, Parte 2

Pós-parto e plástica: qual fazer?

Pós-parto e plástica: qual fazer?

Pompoarismo: mitos desvendados sobre a ginástica vaginal

Pompoarismo: mitos desvendados sobre a ginástica vaginal

5 fatores que causam dor para a mulher durante o sexo

5 fatores que causam dor para a mulher durante o sexo

Curta nossa página

Siga no Pinterest