Saúde

Odeia peixe? Veja como consumir ômega-3 sem frutos do mar

29 de janeiro de 2019
Odeia peixe? Veja como consumir ômega-3 sem frutos do mar

Peixes e frutos do mar são ricos em ômega-3, mas é possível consumir esse ácido graxo em outros alimentos, veja como

Peixes e frutos do mar como ostras e mariscos são ricos em um nutriente importantíssimo para a nossa saúde, o ômega-3. O problema é que nem todo mundo gosta ou pode consumir esses alimentos com a frequência necessária.

O ômega-3 é um ácido graxo que oferece inúmeros benefícios, especialmente para a saúde cardiovascular e cerebral, mas não é só isso:

    • Ajuda a diminuir o colesterol ruim
    • Previne e trata a depressão
    • Regula a pressão arterial
    • Evita a degeneração macular
    • Previne obesidade e diabetes
    • Alivia sintomas de artrite e reumatismo

Mas nem tudo está perdido! Existem várias fontes vegetais de ômega-3 que podem suprir as necessidades diárias desse nutriente. Algumas delas certamente estão na sua cozinha:

    • Oleaginosas (nozes, castanhas, amêndoas, pistache)
    • Óleos vegetais (canola, girassol, soja)
    • Azeite de oliva
    • Ovos (especialmente ovos caipiras)
    • Abóbora
    • Folhas verdes escuras (couve, espinafre, brócolis, catalônia)
    • Leguminosas (feijão, grão de bico, soja, ervilha)
    • Sementes (chia, linhaça, gergelim, girassol, abóbora)

Cuidado com a suplementação

Se você ainda acha que não consome o suficiente, pode usar suplementos de ômega-3, mas é preciso ter cuidado. Dados da Biblioteca Nacional de Medicina dos EUA apontam que o consumo de mais de 3g diários de ômega 3 pode favorecer a ocorrência de hemorragias.

Curta nossa página

Siga no Pinterest