Relacionamento

5 benefícios que os cachorros proporcionam à saúde humana

Atualizado em 20 de maio de 2019
5 benefícios que os cachorros proporcionam à saúde humana

Ter um amigo de quatro patas é, sem dúvidas, muito prazeroso para o ser humano. Mas isso vai além do alento e alegria de ter um amigo com suas orelhas tão fartas, com o osso roído e o rabo entre as patas (como diria o saudoso Chaves no poema Cão Arrependido).

Quem escolhe adotar um cão, certamente não se arrepende. Isso porque essa convivência também pode beneficiar a saúde. Veja cinco pontos que provam isso.

 

  1. Menor colesterol: pessoas com cachorros conseguem abaixar em até 2% sua taxa de colesterol ruim
  2. Bom para o coração: donos de cães tem 4% menos chances de problemas cardíacos que podem culminar em infartos.
  3. Cachorros ajudam na busca da longevidade: uma pesquisa aponta que tamanho dos cães é inversamente proporcional à sua longevidade. Isso deu origem a um estudo na mesma linha que pode surtir um efeito positivo no tratamento de doenças geriátricas em humanos.

  4. Eles nos tornam menos sedentários. Ter um cachorro ajuda as pessoas a serem mais ativas, afinal, eles precisam passear. Isso também ajuda a turbinar a vida social.
  5. Faz as crianças crianças mais saudáveis: isso porque, dacordo com o Science Daily, as crianças que crescem com cães em casa têm menos alergias e são menos propensos a ter problemas de pele, como eczema porque seu sistema imunológicoé mais forte

Leia Também

Exercícios podem ser uma maneira de diminuir a pressão alta

Exercícios podem ser uma maneira de diminuir a pressão alta

Probióticos e prébióticos: O que são e o como ajudam a nossa saúde?

Probióticos e prébióticos: O que são e o como ajudam a nossa saúde?

Beba 8 copos de água por dia e seja mais saudável

Beba 8 copos de água por dia e seja mais saudável

Bursite no quadril: saiba o que é e como aliviar

Bursite no quadril: saiba o que é e como aliviar

Dores de cólica fortes? Isso pode ser um sintoma de endometriose

Dores de cólica fortes? Isso pode ser um sintoma de endometriose

Curta nossa página

Siga no Pinterest