Saúde

Como melhorar os níveis de vitamina D

Atualizado em 4 de outubro de 2015
Como melhorar os níveis de vitamina D

Brasileiros apresentam deficiência desse nutriente e isso pode causar problemas desde osteoporose a diabetes

Você sabia que 80% da vitamina D necessária ao bom funcionamento do corpo é produzida pelo nosso próprio organismo? Apesar disso, pesquisas apontam a existência de uma verdadeira epidemia de deficiência da vitamina na população, o que pode acarretar problemas de saúde, como osteoporose, quedas, obesidade, diabetes mellitus e uma maior incidência de câncer.

De acordo com o estudo BRAZOS, 99% dos brasileiros apresentam ingestão de vitamina D abaixo da recomendada. Além disso, estima-se que mais de 1 bilhão de pessoas no mundo tenham deficiência dessa vitamina. Diante deste cenário, como manter o nível adequado de vitamina D?

É importante deixar claro que diferentes fatores, como idade, estilo de vida, pigmentação da pele e sazonalidade influenciam a produção de vitamina D no organismo. “Essa vitamina é importante para a saúde óssea. Isso porque, ela é fundamental para a absorção do cálcio presente na dieta. O cálcio é um mineral necessário para a formação e a manutenção de ossos mais resistentes”, descreve a gerente médica da unidade MIP (Medicamento Isento de Prescrição) do Aché Laboratórios Farmacêuticos, Dra. Talita Poli Biason.

Para manter o nível adequado de vitamina D, é preciso seguir algumas recomendações no cotidiano. Confira abaixo as orientações da Dra. Talita:

1. Luz solar

É uma das principais formas de obtenção de vitamina D pelo organismo. Visando a síntese de vitamina D, é indicada a exposição diária ao sol pelo período de 10 a 15 minutos. No entanto, para minimizar o risco que o sol pode trazer a saúde como, por exemplo, câncer de pele e manchas, o melhor horário para essa exposição é antes das 10h ou depois das 16h.

2. Peixes ricos em gordura

São boas fontes da vitamina. As opções mais comuns: salmão, truta, cavala, atum e enguia. Cada 100g de salmão fornece de 100 a 250 UI (unidades internacionais) de vitamina D.

3. Cogumelos

Também são fontes de vitamina D. Os frescos, em uma quantidade de 100 gramas, contém100 UI da vitamina.

4. Suplementos

O estilo de vida dos indivíduos, imersos em lugares cada vez mais fechados, como escritórios ou até mesmo dentro do carro, impedem a exposição adequada ao sol. Por isso, os suplementos surgem como aliados para o alcance das quantidades necessárias da vitamina D, de forma prática.

Leia Também

O que pode ser reciclado e o que não pode?

O que pode ser reciclado e o que não pode?

Por quanto tempo o vírus da gripe pode sobreviver nas superfícies?

Por quanto tempo o vírus da gripe pode sobreviver nas superfícies?

Celulite: conheça a doença que nada tem a ver com estética

Celulite: conheça a doença que nada tem a ver com estética

O que determina a necessidade de uma cesária no parto?

O que determina a necessidade de uma cesária no parto?

Aprenda a controlar a raiva em 10 passos simples

Aprenda a controlar a raiva em 10 passos simples

Curta nossa página

Siga no Pinterest