Movimento

Atividade física ajuda a combater e prevenir o câncer

Atualizado em 21 de maio de 2019
Atividade física ajuda a combater e prevenir o câncer

Estudos mostram que a prática de atividades física previne 19% dos casos de câncer

A prática de atividade física regularmente é benéfica e está associada à prevenção de diferentes doenças como as cardiovasculares, diabetes, hipertensão entre outras tantas. No entanto, pesquisas do Instituto Nacional do Câncer (INCA) e da Associação Americana do Câncer (ACS – American CancerSociety) mostram que a prática de exercícios também auxilia no tratamento e na prevenção do câncer.

Uma pesquisa realizada pelo Instituto Nacional do Câncer (INCA) em parceria com o Fundo Mundial de Pesquisa contra o Câncer (WCRF) * concluiu que evitar a obesidade através de exercícios físicos e alimentação saudável pode prevenir 19% dos casos de câncer (quando tratamos dos canceres em geral). E segundo a ACS os exercícios físicos previnem a incidência do câncer de próstata, por exemplo, em até 40%.

Dr. Otávio Martucci, oncologista da clínica Oncocamp de Campinas.explica que um estudo da Harvard nos Estados Unidos analisou a prática de atividades físicas em 2.686 pacientes e de acordo com os primeiros resultados, as pessoas que caminhavam mais de quatro horas por semana apresentaram redução de 23% do risco de morte em relação aos que fizeram somente 20 minutos. E no caso de exercícios mais intensos a redução pode chegar a 35%.

“Durante o tratamento, com a liberação do oncologista claro, o paciente pode e deve praticar atividades. A quimioterapia leva à fadiga e à perda de massa óssea eos exercícios ajudam a melhorar essas condições”, explica Tiago Martinelli, fisioterapeuta e educador físico da Oncocamp.

De acordo com Martinelli a perda de massa magra, o aumento de gordura corporal, a diminuição de força e da densidade mineral óssea é comum durante o tratamento de câncer, o que aumenta o risco de doenças cardiovasculares e a chamada síndrome metabólica. “Os exercícios auxiliam a minimizar os efeitos colaterais do tratamento de câncer, isso traz uma qualidade de vida melhor para o paciente”, define o fisioterapeuta.

Dr. Martucci também salienta que a prática de exercícios é importante para o paciente de câncer durante o tratamento e para a prevenção do câncer, uma vez que a obesidade é um dos fatores de risco, mas a maneira mais eficaz de se prevenir a doença ainda é realizar os exames preventivos regularmente. “As visitas regulares ao médico, no caso das mulheres para a prevenção do câncer de mama e dos homens, do câncer de próstata, não pode ser substituída pela prática de exercícios, é necessário a realização das visitas e dos exames preventivos”, reforça.

Leia Também

Pesquisa associa ingrediente de produtos de higiene a osteoporose

Pesquisa associa ingrediente de produtos de higiene a osteoporose

Como adotar uma rotina de exercícios sem sacrifício?

Como adotar uma rotina de exercícios sem sacrifício?

Grupo de mulheres cria “Google” para saúde feminina

Grupo de mulheres cria “Google” para saúde feminina

Musculação ou crossfit: escolha a melhor modalidade para você

Musculação ou crossfit: escolha a melhor modalidade para você

7 dicas para evitar lesões nos exercícios em casa

7 dicas para evitar lesões nos exercícios em casa

Curta nossa página

Siga no Pinterest