Alimentação

Vinho versus cerveja: qual é o melhor?

Atualizado em 13 de junho de 2019
Vinho versus cerveja: qual é o melhor?

Qual é a sua escolha? Descubra qual engorda mais e pode ser menos nocivo para a sua saúde

Existe a turma do vinho e existe a turma da cerveja. Ambos têm entusiastas fervorosos que contam com pesquisas das mais sérias às mais malucas para provar que não são tão maléficos para a saúde.

A BBC Future peneirou as evidências recolhidas por vários estudos científicos para tentar derrubar alguns dos mitos que cercam as duas bebidas.

À primeira vista, a ideia da “barriga de cerveja” parece ser verdade. O próprio álcool já é rico em calorias, sem contar todos os açúcares que tornam essas bebidas tão saborosas.

Com 180 calorias, uma pint de cerveja tem 50% mais conteúdo energético do que uma taça pequena de vinho – o suficiente para ajudar a acumular uns quilinhos.

Mas para quem bebe moderadamente, as diferenças tendem a ser bem pequenas. Uma recente revisão de dezenas de estudos, realizada por especialistas do Instituto de Pesquisa de Ontário, no Canadá, concluiu que nem os apreciadores do vinho nem os da cerveja tendem a engordar a curto prazo.

Os autores notaram, no entanto, que a pesquisa mais longa durou apenas dez semanas. Ou seja, elas podem ter deixado de registrar uma pequena alteração de peso – até mesmo 1 quilo ganho nesse período pode significar um acúmulo radical de 25 quilos em um período de cinco anos. As diferenças são pequenas, mas o vinho sai em ligeira vantagem ao engordar um pouco menos.

Quando se trata de benefícios para a saúde, o vinho se mostra um melhor “remédio”. No entanto, fãs da cerveja podem ao menos dizer que sua bebida favorita tem uma história mais ilustre. Alguns antropólogos sugeriram recentemente que nosso apreço pela cerveja pode ter dado origem à atividade agrícola e, por isso, à própria civilização. Nada mal para se pensar da próxima vez que se sentar em um bar com amigos.

Sempre ouvimos falar que uma taça de vinho por dia ajuda a “rejuvenescer” o corpo, reduzindo o risco de doenças cardíacas, pressão alta e diabetes. Esses benefícios viriam dos chamados polifenóis (encontrados principalmente no vinho tinto), que aliviam inflamações e combatem os radicais livres.

Já a cerveja nunca está muito presente nesses boletins de saúde. Mas um estudo da Universidade de Barcelona, na Espanha, indica que a bebida também contém uma dose razoável de polifenóis e parece oferecer certos benefícios, comparáveis aos do vinho branco (mas menos que o tinto).

Obviamente, nenhum deles dá sinal verde a excessos. O vinho tinto ganha de longe, mas a cerveja pode ser melhor do que outras bebidas alcoólicas.

Leia Também

Quer emagrecer? Beba vinho tinto

Quer emagrecer? Beba vinho tinto

Um copo de vinho equivale a uma hora na academia

Um copo de vinho equivale a uma hora na academia

Cerveja pode ser a melhor opção (alcoólica) para atletas

Cerveja pode ser a melhor opção (alcoólica) para atletas

Dieta balanceada com chocolate e cerveja? Sim!

Dieta balanceada com chocolate e cerveja? Sim!

Ir para o bar também pode ajudar a queimar calorias

Ir para o bar também pode ajudar a queimar calorias

Curta nossa página

Siga no Pinterest