Saúde

Você sabe o que é ansiedade? Veja 5 dicas para controlá-la

20 de janeiro de 2016
Você sabe o que é ansiedade? Veja 5 dicas para controlá-la

Mudanças de hábitos podem ser eficientes para controlar um dos maiores males dos nossos tempos

A ansiedade é considerada o mal do nosso século. 25% da população mundial sofre com algumas das facetas da ansiedade. A linha entre a consciência natural dos afazeres, sua ameaça instintiva e a transformação disso em sofrimento e, consequentemente, em doença, pode ser tênue.

Engana-se quem pensa que a ansiedade é apenas a corrida contra o tempo. Encontram-se sob o guarda-chuva da ansiedade nomes comuns e cada vez mais comuns, como transtorno obsessivo-compulsivo (TOC), estresse pós-traumático, transtorno de ansiedade generalizada, fobias sociais e síndrome do pânico.

“Passar por momentos que nos deixam ansiosos é normal. Porém, quando a ansiedade atrapalha, com frequência, nossas atividades diárias , é o momento de ficar atento”, alerta a gerente médica do Aché Laboratórios Farmacêuticos, Dra. Talita Poli Biason.

Segundo ela, quando a ansiedade é persistente, o mais adequado, é procurar por um especialista. “O transtorno, em algumas situações pode até causar sintomas físicos como taquicardia e alteração da pressão arterial”, explica. “Por isso, é importante uma avaliação médica que identificará o melhor tratamento”, complementa.

Mas algumas mudanças no cotidiano auxiliam na redução da ansiedade. Confira as dicas da médica:

Pratique exercícios físicos

Realizar atividades físicas regularmente libera substâncias chamadas endorfinas, podendo auxiliar na redução dos sintomas da ansiedade e trazer ainda sensação de bem-estar. Além disso, beneficia a saúde cardiovascular;

Cuide do cardápio

Investir em uma alimentação saudável e variada auxilia na promoção de sensação de bem-estar geral do organismo;

Mantenha uma boa noite de sono

Evite deixar aparelhos eletrônicos ligados, pois podem dificultar a indução ao sono. O ideal é deixar o ambiente silencioso e agradável. Dormir cerca de 8 horas por dia favorece a saúde e melhora o desempenho no cotidiano.

Evite a ingestão de bebidas alcoólicas

O álcool tem efeito estimulante sobre o sistema nervoso central e pode, em algumas pessoas, gerar mais nervosismo e ansiedade. Se for consumir bebidas alcoólicas, faça com moderação.

Tenha momentos de lazer

Atividades com a família ou amigos ajudam a reduzir os sintomas da ansiedade e contribuem para o equilíbrio do corpo e da mente.

 

É claro, se mesmo com esses cuidados os sintomas persistirem, procure um médico. Ansiedade pode ser doença e seu tratamento deve ser levado a sério como em qualquer outra doença crônica, sem tabus.

Curta nossa página

Siga no Pinterest