Saúde

Como amenizar as estrias e quais são suas causas

Atualizado em 21 de junho de 2019
Como amenizar as estrias e quais são suas causas

Estrias vermelhas na gravidez somem? É possível apagar as estrias? Veja essa e outras dúvidas resolvidas

As estrias são um tipo de cicatriz que se desenvolve quando a nossa pele se estica ou encolhe rapidamente. A mudança abrupta faz com que o colágeno e a elastina, que sustentam nossa pele, se rompam. Como a pele cicatriza, estrias podem aparecer e nem sempre é possível acabar com elas, mas dá para amenizar as estrias? “Após o rompimento destas fibras ocorre um sangramento e assim aparecem as estrias rubras, que, após a cicatrização do local, adquirem a coloração branca. Ou seja, as estrias não são nada mais que cicatrizes na pele”, explica a a dermatologista e tricologista Dra. Kédima Nassif, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia.

Nem todo mundo desenvolve estrias, mas alguns tipos de pele podem ter mais predisposição. Níveis hormonais flutuantes parecem desempenhar um papel. Você também pode ter um risco maior se as pessoas da sua família tiverem estrias.

Se você desenvolver estrias, é mais provável que você o faça durante esses momentos:

  • Surtos de crescimento que acontecem na puberdade
  • Gravidez
  • Perda de peso rápida ou ganho
  • Musculação quando você tem crescimento muscular rápido

A cor das estrias

Quando as estrias aparecem pela primeira vez, elas tendem a ser vermelhas, roxas, rosas, marrom-avermelhadas ou marrons escuras, dependendo da cor da sua pele. Estrias podem aparecer em um leve relevo na pele e podem coçar.

Com o tempo, a cor desaparece e as faixas estreitas se afundam sob sua pele. Se você passar o dedo sobre uma marca de estria madura, muitas vezes sentirá uma ligeira depressão.

O que pode se livrar das estrias?

Como qualquer cicatriz, as estrias são permanentes, mas o tratamento pode torná-las menos perceptíveis. O tratamento também pode ajudar a aliviar a coceira.É importante entender que nenhum tratamento único funciona para todos – e muitos produtos parecem não funcionar. Mas vale testar e ver o que funciona melhor para o seu corpo.

Cremes, loções e géis para estrias: Pesquisadores estudaram muitos dos cremes, loções e géis vendidos para tratar estrias. Embora nenhum produto pareça ajudar o tempo todo – e alguns não parecem ajudar em nada – pesquisadores descobriram algumas dicas úteis

Se você quiser experimentar um desses cremes, loções ou géis para diminuir as estrias, certifique-se de:

  • Use o produto nas primeiras estrias, quando ainda estiverem no começo;
  • Massageie o produto em suas estrias;
  • Ter tempo para massagear o produto suavemente em sua pele pode torná-lo mais eficaz.

Como evitar as estrias

De  acordo com estudo publicado no Journal Of The European Academy od Dermatology and Venereology, quanto mais nova a mulher engravida maior a chance de ela desenvolver estrias, as alterações surgem geralmente abaixo das mamas, na região dos glúteos e nas pernas. Mas para aqueles que se desesperam só com a ideia do surgimento destas cicatrizes, a boa notícia é que elas podem sim ser evitadas.

“Em geral, o melhor cuidado para prevenir o aparecimento das estrias é evitar a variação de peso, já que engordar e emagrecer repetidas vezes favorece o estiramento da pele”, destaca a médica. “Além disso, é importante o uso de cosméticos hidratantes que devem conter substâncias como os derivados de retinóides.”

Como acabar com as estrias

Nem sempre é possível evitar as estrias. A melhor maneira de reduzir sua chance de obtê-los é mantendo um peso saudável.

Muitos cremes e loções prometem prevenir, reduzir ou remover as estrias. Mas há muito pouca evidência de que isso funcione.

Existem alguns tratamentos que podem ajudar a tornar as estrias mais bonitas, mas não se livrarão delas. Conheça alguns:

1 – Esfoliação

Uma maneira simples de tratar as estrias brancas é através da esfoliação regular. Isso remove o excesso de pele morta do seu corpo e nova pele de suas estrias.

Esfoliar ao lado de outros métodos de tratamento também pode melhorar seus resultados. Removendo a pele morta de suas estrias permite outros tratamentos de pele para penetrar mais profundamente e trabalhar mais rápido.

2 – Tratamentos tópicos

Cremes e pomadas tópicos são métodos mais acessíveis para reduzir o aparecimento de estrias brancas. Alguns cremes estão disponíveis sem receita, enquanto outros são prescritos por um médico.

Aplicados regularmente, os cremes tópicos podem aliviar o tônus ​​das estrias, mas podem não removê-las completamente. Antes de usar qualquer tratamento tópico, discuta seus riscos com seu médico. Alguns cremes podem desencadear uma reação alérgica ou podem não ser fortes o suficiente para tratar sua condição.

3 – Microdermoabrasão

Microdermoabrasão é um procedimento indolor para reduzir o aparecimento de estrias brancas. Este procedimento tem como alvo a camada superior da pele (epiderme) e funciona estimulando a pele a apertar as fibras de colágeno e elastina.

No procedimento, minúsculos cristais esfoliantes são pulverizados sobre a área afetada ou uma varinha com ponta especial é esfregada sobre a área afetada. Usando um dispositivo tipo varinha, os cristais são gentilmente removidos, levando consigo a pele morta da camada da epiderme. Para resultados efetivos, a microdermoabrasão precisa ser repetida por um período de tempo.

Após o procedimento, sua pele pode sentir-se firme e seca. Pode haver alguma vermelhidão da esfoliação. Normalmente, leva 24 horas para cicatrizar a pele. Embora seja eficaz, não é garantido que este procedimento remova totalmente as estrias. A gravidade de suas estrias irá influenciar seus resultados.

4 – Microagulhamento

O microagulhamento tem como alvo a derme, a camada intermediária da pele onde as estrias se formam. Dentro deste procedimento, pequenas agulhas são cutucadas em sua pele para desencadear a produção de colágeno. O aumento de colágeno e elastina promove a regeneração da pele, que pode melhorar a aparência da pele e reduzir as estrias.

Para tratar eficazmente as estrias, você precisará participar de mais de um tratamento ao longo de vários meses.

5 – Terapia com laser

A terapia com laser é uma opção comum de tratamento para remover as estrias brancas. No procedimento, os lasers penetram na pele, provocando a regeneração. Isso estimula os tecidos em torno de suas estrias para curar a um ritmo mais rápido.

A terapia com laser estimula a produção de melanina na área afetada, ativando as células pigmentares em sua pele. Isso faz com que suas estrias se misturem com seu tom de pele normal. Embora eficaz, a terapia a laser requer mais de uma sessão para notar os resultados.

Há um número de diferentes terapias de laser usadas para tratar estrias e outros problemas de pele. Discuta suas opções com o seu dermatologista.

6 – Cirurgia cosmética

Se outros tratamentos não forem bem sucedidos, a cirurgia estética é uma opção. Esta opção é cara, mas eficaz e pode remover permanentemente as estrias brancas do seu corpo. No entanto, é importante entender que a cirurgia pode deixar cicatrizes próprias.

Uma abdominoplastiaé um procedimento cosmético que não apenas remove as estrias, mas também remove o excesso de pele e gordura do abdômen. Este procedimento dá à pele e ao abdômen uma aparência mais plana e firme. No entanto, um procedimento cirúrgico vem com vários riscos à saúde. Antes de prosseguir com este tratamento, discuta suas opções com seu médico.

Leia Também

Estrias: como prevenir e tratar

Estrias: como prevenir e tratar

Como são formadas as estrias?

Como são formadas as estrias?

Trate as estrias com alimentação adequada

Trate as estrias com alimentação adequada

Você sabe o que é carboxiterapia?

Você sabe o que é carboxiterapia?

Curta nossa página

Siga no Pinterest