Alimentação

Os 6 maiores segredos para emagrecer e manter o peso

12 de março de 2019
Os 6 maiores segredos para emagrecer e manter o peso

Especialista destaca os seis hábitos mais importantes para emagrecer com saúde

O sobrepeso tem afetado a vida de milhares de pessoas e tem avançado no país, de acordo com pesquisa do Ministério da Saúde, cerca de 51% da população brasileira, acima de 18 anos, está acima do peso ou obesa.

Na busca por uma solução capaz de ajudar aqueles que desejam transformar os hábitos de vida, tornar-se mais saudável definitivamente, atingir o peso ideal e recuperar a autoestima, o especialista no tratamento de pacientes com diabetes e sobrepeso, o médico Patrick Rocha, destacou 6 dicas essenciais para quem deseja adotar uma Alimentação Estratégica e entrar em forma com saúde:

1) Cortar açúcar e alimentos light

Para quem deseja perder peso e adotar uma alimentação estratégica, um dos primeiros passos é gradativamente retirar da rotina diária o açúcar refinado e a farinha refinada de fontes diretas, como bolo, refrigerante, açúcar refinado, massas, pães e salgadinhos. E mais, não pense que vale optar pelas opções diet e light para fugir da restrição, pois estes produtos também devem ser restritos e podem ser até mais nocivos do que as versões tradicionais. Além de serem mais caros, estes produtos possuem conservantes e sustâncias tão prejudiciais quanto o próprio açúcar. Nas bebidas, o ideal é utilizar a stévia, um adoçante natural que é uma ótima opção para substituir o açúcar e não traz malefícios para a saúde, ao contrário da maioria dos adoçantes.

2. Evite consumir pães e massas (inclusive integrais)

Isso mesmo, o pãozinho integral também entrou na mira. A matéria-prima do pão nosso de cada dia, das massas, biscoitos e bolos, o trigo, é considerado um dos principais sabotadores da dieta. Consumidos em excesso pela grande maioria das pessoas, os produtos de trigo além de não possuírem elevado grau nutritivo, podem funcionar como gatilho da fome, aumentando o apetite poucos minutos depois. Dr. Rocha é enfático é dizer que uma alimentação saudável não significa passar fome, mas sim escolher alimentos que colaboram para o bom funcionamento do metabolismo e contribuem com o bem estar. Segundo ele, substituir os farináceos por outros alimentos mais nutritivos e que saciam a fome é primordial.

3. Hidrate-se

Hidratação é uma parte importante para o bom funcionamento do metabolismo e consequentemente, no processo de emagrecimento. Por essa razão é essencial ter um cuidado maior com a hidratação do corpo, uma vez que as perdas de líquidos e de sais minerais pelo organismo podem prejudicar o seu rendimento durante o dia, provocar dores de cabeça, cansaço, entre outros sintomas. O ideal é beber ao menos doislitros de água por dia;

4. Evite frituras

Frituras em geral não trazem benefício algum ao corpo e são carregadas de gorduras ruins, responsáveis por aumentar complicações e riscos cardiovasculares. Óleos vegetais poli-insaturados, como soja, milho e canola devem ser evitados. Sempre que for preparar e cozinhar um alimento, o ideal é utilizar o óleo de coco extra-virgem. Além disso, privilegie grelhados e assados, que irão saciar a fome e não prejudicar o seu organismo.

5. Priorize as proteínas e Gorduras Saudáveis

As gorduras estratégicas presentes nas carnes oferecem a energia e saciedade necessárias para manter o metabolismo alto e queimar gordura. Inicie o seu dia substituindo os alimentos produzidos com trigo e derivados, por omeletes, por exemplo. Para diversificar, inclua recheios diversos, como queijo, carne, frango ou vegetais. Outra opção, são ovos cozidos ou mexidos, feitos no óleo de coco ou na manteiga. Nas outras refeições, procure comer carnes de aves (peru, frango, chester) ou peixes, complementados com saladas verdes, frutas da estação e legumes.

6. Fazer atividade física intervalada

Quem pensa que passar horas dentro de uma academia é a chave para o emagrecimento saudável está muito equivocado. 80% dos Resultados dependem essencialmente da alimentação e apenas 20% dos exercícios. Portanto, use o seu tempo de maneira estratégica, iniciando um treinamento de atividade física intervalado, o mais eficiente para perda de gordura e que irá consumir menos tempo de você. Ao contrário da atividade física tradicional onde o ritmo é constante, na atividade física intervalada você varia o ritmo, intercalando momentos moderados e outros intensos em ciclos, isso ajuda a aumentar a queima de gordura corporal e na formação de massa magra.

Curta nossa página

Siga no Pinterest