Sem categoria

Mãos ressecadas pelo álcool em gel? Saiba como hidratar

Atualizado em 28 de julho de 2020
Mãos ressecadas pelo álcool em gel? Saiba como hidratar

O uso prolongado de produtos para limpeza das mãos, como o álcool em gel 70%, são super importantes para se proteger contra o COVID-19, mas não são nada legais com a pele. Saiba como cuidar das suas mãos sem deixar de se proteger

Desde que as medidas de segurança contra a pandemia de coronavírus começaram no Brasil, em março desse ano, o uso regular de álcool em gel 70% e sabonete para higienizar as mãos virou parte da nossa rotina. Por sua fórmula vermicida, o álcool em gel é um poderoso aliado na prevenção contra o vírus, além de ser um ótimo fungicida e bactericida.

Segundo dados da Organização Mundial de Saúde e do Ministério da Saúde, o recomendado é que as mãos sejam limpas com sabão e água por pelo menos 20 segundos, e o álcool em gel deve ser utilizado quando não há acesso fácil ao sabão, ou seja, quando você está em movimento na rua, por exemplo. Apesar de ser super eficaz no controle do vírus, o uso excessivo desses produtos não é nada gentil com a pele.

Isso porque tanto o álcool quanto o sabão tiram a oleosidade natural da pele, eliminando junto com as bactérias os lipídios naturais que cuidam e hidratam a pele, o que pode causar ressecamentos, aspereza, rachaduras e até mesmo casos graves de dermatite na região mais atingida por eles. E através dessas rachaduras a pele fica vulnerável a um grande número de bactérias, e até mesmo ao próprio COVID-19.

Principalmente para crianças e idosos, que já possuem a pele mais sensível e fina, o uso prolongado desses produtos requer ainda mais cuidado e atenção para evitar desconfortos na região das mãos.

Então isso quer dizer que devemos parar de usar o álcool em gel? Não, muito pelo contrário! O seu uso é extremamente necessário, principalmente nesse momento. Mas é importante redobrar os cuidados com as mãos. Em casa, procure dar preferência para o uso de água e sabão, que agride menos a pele.

Dicas para proteger a saúde da sua pele

– Após a limpeza das mãos com o álcool em gel ou com o sabão, espere as mãos secarem completamente e utilize um hidratante específico para a região. Prefira produtos que possuam em sua composição glicerina e óleos vegetais.

– Além dos itens citados, hidratantes que possuem aloe vera, D-Pantol e vitaminas também são ótimos para utilizar na região afetada. Agora, caso você possua uma pele mais sensível, o recomendado é procurar uma opção que não tenha perfume e conservante na sua composição.

– Uma solução pode ser procurar o álcool em gel com creme hidratante, feitos à base de lipídios de oliva. Porém é importante verificar se foi produzido da forma correta e o seu nível de álcool 70%, que realmente evita a transmissão do vírus. Você pode procurar a farmácia de manipulação da sua preferência e perguntar se eles produzem esse produto.

– Além do uso após a higienização, é importante passar o produto antes de dormir, e logo após acordar. Caso você precise de uma hidratação mais intensa, pode-se aplicar uma quantidade generosa de hidratante e utilizar uma luva em seguida, por 30 minutos, aproximadamente.

Leia Também

Sua pele precisa de cuidado integral no inverno

Sua pele precisa de cuidado integral no inverno

Coronavírus no Brasil: O que é o vírus e como se prevenir?

Coronavírus no Brasil: O que é o vírus e como se prevenir?

Quanto tempo o coronavírus sobrevive em superfícies?

Quanto tempo o coronavírus sobrevive em superfícies?

Você sabe mesmo lavar as mãos?

Você sabe mesmo lavar as mãos?

Curta nossa página

Siga no Pinterest