Tecnologia e Sedentarismo

A tecnologia utilizada de maneira exacerbada pelos jovens tem comprometido muito a saúde dessa nova geração

Tarefas básicas que exigem esforço físico e que estão no dia a dia de crianças e adolescentes, como correr, subir, descer e puxar, são um grande desafio para muitos jovens que não exploram a potencialidade de seus corpos, é o que dizem profissionais de educação física que convivem diariamente com jovens mergulhados no mundo digital.

O sedentarismo é caracterizado pela pouca movimentação durante o dia, na qual o indivíduo não tem o gasto energético necessário para equilibrar seu corpo. Sofá, smartphone e vídeo game acabam sendo mais atraentes para os jovens do que pedalar, jogar futebol, correr ou surfar. As atividades nas áreas de convivência do condomínio ou no quintal de casa, em muitos casos, também não são tão atrativas quanto os eletrônicos. Sem dúvidas, neste contexto a tecnologia se torna um problema.

Como usar a tecnologia para ter hábitos saudáveis

Diante deste cenário, os pais têm que assumir a responsabilidade e uma postura diferente para incentivar seus filhos a ter hábitos saudáveis, e nada melhor do que o exemplo. É preciso destacar que ao mesmo tempo que a tecnologia pode tirar o tempo para a prática de atividade física, esse mesmo recurso pode ser uma ferramenta para estimulá-la.

Existem videogames de realidade aumentada, por exemplo, que simulam situações reais na qual demandam ao praticante exercícios que chegam a níveis de intensidade rigorosa. Os aplicativos de mensagens também podem ser grandes aliados na hora de incentivar os filhos a uma vida mais ativa. Já que podem reunir grupos de pessoas com um mesmo objetivo, seja emagrecimento, caminhadas ou mesmo assuntos relacionados a hábitos saudáveis.

Qual a solução para que essa geração conectada saia da inércia?

Como dito anteriormente, a participação ativa dos pais é fundamental neste processo, porém, muitos deles ainda não têm ideia real da gravidade do assunto. Desta forma, os filhos apenas reproduzem o estilo de vida dos pais.

O Brasil, por sua vez, ainda está longe do ideal quando falamos de políticas públicas para o incentivo da prática de atividade física regular, porém, algumas ações vêm sendo tomadas para a melhoria dessas questões. Além de ser um país favorável em termos de clima, alguns municípios já contam com academias ao ar livre, ciclovias para ciclistas e para caminhar, além de parques para a prática esportiva.

Viver bem e com saúde é um desejo de todos, mas isso pode ser muito melhor se você conseguir estender para sua família. Crie rotinas e experimente o novo em família.

Bons treinos!