Movimento

Fazer ioga no trabalho pode ajudar a diminuir o estresse

Atualizado em 9 de abril de 2019
Fazer ioga no trabalho pode ajudar a diminuir o estresse

A Ioga ou Yoga, como muitos preferem, no local de trabalho parece surtir um efeito muito positivo na saúde mental e na redução do estresse dos colaboradores de empresas

A ioga é uma disciplina espiritual e ascética hindu, que passou a ser muito popular no ocidente a partir da década de 1960. Essa prática inclui exercícios como o controle da respiração, a meditação simples e a adoção de posturas corporais específicas e é amplamente praticada para a saúde e o relaxamento.

Os benefícios da ioga são notórios em pessoas de todas as idades e estilos de vida, mas uma pesquisa sugere que existe um grupo que pode se beneficiar ainda mais dos asanas de yoga – ou ioga: os trabalhadores.

A qualquer momento, até um em cada seis pessoas que trabalham sofrem de estresse e outros sintomas relacionados a doenças mentais, segundo uma pesquisa da Occupational Medicine, revista científica da Society of Occupational Medicine, ligada à Universidade de Oxford, na Inglaterra. No entanto, de acordo com esse mesmo estudo, as pessoas que praticam ioga no trabalho podem ser menos estressadas de seus colegas que não o fazem.

A ioga é uma das muitas abordagens para o crescente número de empregadores que estão usando para combater o estresse e melhorar a saúde mental dos trabalhadores, mas pesquisas até agora ofereceram uma visão mista de como esses esforços estão funcionando.

Para o estudo atual, os pesquisadores examinaram dados de 13 estudos com cerca de 1.300 participantes. O estudo foi conduzido com amostrar de diversas partes do mundo: cinco dos ensaios foram conduzidos na Índia, três nos EUA, dois no Reino Unido e um estudo na China, em Taiwan e na Suécia.Alguns trabalhadores nestes ensaios foram aleatoriamente designados para participar de programas de ioga no local de trabalho, enquanto outros não foram.

A prática da ioga não pareceu influenciar muito a saúde do coração, mas esses exercícios no local de trabalho tiveram um efeito positivo na saúde mental e na redução dos sintomas de estresse emocional.

“Ioga no trabalho poderia ser um dos programas escolhidos para reduzir os níveis de estresse,  requer baixo investimento com o mínimo de equipamento”, diz a principal autora do estudo, Laura Maria Puerto Valencia e Autoridade de Segurança Alimentar Saúde da Baviera, na Alemanha.

É difícil dizer, no entanto, o quanto a ioga em si é responsável, e não o local de trabalho em que eles estavam dispostos a dar yoga para tentar, disse Puerto Valencia, disse por e-mail.

“Normalmente, uma empresa que permitiu ou planejou um estudo controlado randomizado de ioga no trabalho está interessada em reduzir os níveis de estresse, aumentando a satisfação no trabalho e a produtividade; aconsequência, pode ser um lugar com um ambiente de menor sintomas de estresse excessivo em comparação a outras empresas em geral “, disse Puerto Valencia.

Ainda assim, mais empresas devem expandir sua abordagem à saúde ocupacional para incluir não apenas esforços para evitar acidentes e ferimentos, mas também para promover a saúde mental, bem como bons hábitos alimentares e de exercícios. E os resultados devem encorajar as empresas a incluírem a ioga como parte de sua abordagem para o bem-estar no local de trabalho, conclui a equipe de estudo.

Mente sã, corpo são

A medicina mente-corpo pode incluir uma gama de práticas de saúde que combinam esforços para concentrar a mente, controlar a respiração e movimentar o corpo de forma a promover o relaxamento. A ioga é muitas vezes um componente desta abordagem para o bem-estar. A prática regular de ioga tem sido associada a um sono melhor, pressão arterial mais baixa e melhorias na mobilidade e flexibilidade.

No entanto, o estudo não foi um experimento projetado para provar como a ioga pode alterar diretamente os níveis de estresse. Os pesquisadores também não calcularam a magnitude da redução do estresse causada pela ioga em todos os estudos menores incluídos na análise.

Mesmo que as aulas de ioga não sejam oferecidas no local de trabalho, técnicas simples de pranayama (respiração iogue) podem ser praticadas em uma mesa de trabalho, em uma baia ou escritório.

Saúde mental ajuda empregadores e colaboradores

Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), cada US$ 1 investido na ampliação do tratamento para transtornos mentais comuns, como depressão e ansiedade, resulta em um retorno de US$ 4 em melhores condições de saúde e capacidade de trabalho. 

No Brasil, os transtornos mentais, como depressão, pânico e ansiedade, estão entre as cinco principais causas de afastamentos do trabalho.

A OMS alerta que até o ano de 2020 a depressão será a doença mais incapacitante do mundo. Segundo a Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP), os dados apontam que entre 20% e 25% da população tiveram, têm ou terão um quadro de depressão em algum momento da vida.

Em termos gerais, isso significa que cuidar da saúde mental dos colaboradores, por meio de práticas cotidianas que facilitem o diálogo, por exemplo, faz com que as empresas lucrem mais e evitem perdas humanas e monetárias.

Afinal, trabalhador motivado produz mais e isso é endossado por pesquisas, que apontam que um funcionário feliz, saudável e satisfeito pode produzir até 50% mais. É como se a empresa tivesse um colaborador e meio.

Com isso, os custos em contratação diminuem, os números crescem e no fim todo mundo pode sair ganhando.

 

Fonte: Reuters e Business Standard

Leia Também

Saúde mental no trabalho: dicas para equilibrar-se

Saúde mental no trabalho: dicas para equilibrar-se

Funcionário saudável é muito mais produtivo

Funcionário saudável é muito mais produtivo

5 exercícios para aliviar a tensão no trabalho

5 exercícios para aliviar a tensão no trabalho

É possível perder peso no trabalho?

É possível perder peso no trabalho?

5 dicas para ser mais feliz no trabalho

5 dicas para ser mais feliz no trabalho

Curta nossa página

Siga no Pinterest